16 setembro, 2009

inédito

Meu primeiro livro dediquei a minha mãe.



Martha

12 comentários:

Bernardo Guimarães disse...

lindo, lindo, lindo, lindo...
vamos falar com marcus e providenciar este lançamento?

Gerana D disse...

Lindo!

Janaina Amado disse...

Que gostosura, Martha.Agora, cá pra nós: é dedicado à mãe, mas fala mesmo é do pai...

aeronauta disse...

Fiquei emocionada com tanta beleza, com tanta ternura.

Georgio Rios disse...

lINDO E PONTO FINAL!!!

Ana Cecília S. Bastos disse...

que precioso, Martha!
a ternura e a intuição da palavra: pais, flores, amores.

Clóvis Campêlo disse...

Muito bonito, poetisa!

Nílson disse...

Agora conhecemos Martha criança, Martha em si: lindo!

. fina flor . disse...

lúdico!

beijos, querida e bom fim de semana

MM.

Sílvia Câmara disse...

Belo resgate, Marthinha!
Ah se eu achasse algum escrito antigo...
Concordo com a Ana Cecilia, Vc dedicou a sua mãe, mas falou mesmo do pai, Cinderelazinha!
bjo gde e feliz por vc

Chorik disse...

Bacana tua mãe ter guardado isso. Eu guardo tudo que meus filhos produzem. Pena que à medida que crescem diminuam as obras. Mas daqui a uns anos vai ser muito bom rever com eles cada homenagem que me fizeram. Se bem que a maioria esmagadora foi para a mãe...

maria guimarães sampaio disse...

Valeu, Martésima!

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria