14 abril, 2019

   
A foto está péssima, mas o que importa é que Iray Galrão foi homenageada na Biblioteca Monteiro Lobato. 


O mundo parou, a única coisa que ouço, sinto, vejo, é Beatriz contando a história de Bia, a nuvem que não queria chover.

03 abril, 2019


Maturando pernas em rabo de peixe

rabo de peixe: macramê feito por Beatriz.

Eu já comi sabão

Como meu aniversário é no final de março, muitas vezes coincide com a páscoa. Estava eu, criança e incauta, quando recebi de um tio o ovo grande e lindo, marronzinho, uma beleza. Caí de boca e era um sabonete! Passei mal, houve comoção, não sei como acabou a festa.
Minha família paterna sempre teve o hábito de dar sabonetes de presente. Mas isso aí foi esquisito.
Eu já bebi café com cola

Em minha infância cheia de imaginação, houve um dia em que eu, Márcia e Wânia nos juntamos para brincar de casinha. Fizemos café na torneira da pia do banheiro, e alguém teve a ideia de usar a cola de madeira do pai para ser o leite. E alguém teve a ideia de provar o café frio com a cola. E bebemos. 
Passamos muito mal e tivemos que confessar o feito. Levei meses sem conseguir nem sentir o cheiro de café. Depois, passou. Amo café com leite; com cola, nunca mais.

28 de março de 2019

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria