05 agosto, 2017



Fotografia em tons de cinza. Em uma livraria, ao fundo, aparece um homem, uma mulher e variados livros arrumados em prateleiras. No primeiro plano aparecem, próximas, as escritoras brasileiras Clarice Lispector e Carolina de Jesus. Ambas elegantemente vestidas para a ocasião de festa. Clarice com uma roupa de cor escura, e Carolina vestida de branco. Enquanto Clarice fala, Carolina a escuta. As duas estão olhando para baixo, concentradas na conversa.






deixa  queto
deixa Ketu

M.

foto: Araquém Alcântara 


15 junho, 2017

Não te fies do tempo nem da eternidade
que as nuvens me puxam pelos vestidos,
que os ventos me arrastam contra o meu desejo.
Apressa-te, amor, que amanhã eu morro,
que amanhã morro e não te vejo!

Não demores tão longe, em lugar tão secreto,
nácar de silêncio que o mar comprime,
ó lábio, limite do instante absoluto!
Apressa-te, amor, que amanhã eu morro,
que amanhã morro e não te escuto!

Aparece-me agora, que ainda reconheço
a anêmona aberta na tua face
e em redor dos muros o vento inimigo…
Apressa-te, amor, que amanhã eu morro,
que amanhã morro e não te digo…

 Cecília Meireles 
livro “Retrato natural”. 1949.

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria