17 maio, 2010


Hoje a primavera chegou subitamente pela manhã. Minha ex-aluna, Natália, mostrou-me seu primeiro livro:

Com a seguinte dedicatória:

Meu nome é Natália Menezes Pacheco, eu tenho 11 anos de idade, fiz este livro dedicado a minha professora Martha, pois ela me ajudou com as poesias dela, a ser mais ou menos uma poetisa como ela.
Neste livro tem apenas três páginas com quatro poesias em cada uma, com doze poesias ao todo.

Poesia do amor

O amor não vem de uma flor que você dá,
Vem do seu coração,
Que se sente livre a voar,
Pelo horizonte dos céus azuis.

Luz do sol

A luz do sol ao olhar queima os olhos de quem vê,
Sua beleza dá gosto de ver,
O sol feliz a brilhar,
Clareia os olhos de lágrimas.

Beco escuro

Um beco sem luz,
Um beco escuro,
Beco com medo,
Um medo com beco,
Um beco às escuras,
É um beco escuro.

Obrigada, Nat, muito obrigada por subitamente trazer sentido para tudo. Um beijo,

Martha

18 comentários:

Fal disse...

Nat e Martha, para béns a vcs duas!! Que coisa mais bonita. Nat, eu tive professoras como a Martha, graças a Deus. Elas fazem toda, toda, toda a diferença em nossas vidas. E eu achei suas poesias muito bonitas e doces. Beijos queridas, eu vou dormir um cadim mais feliz.

merielle disse...

Natália,
Realmente está muito fofa, tem amadurecido muito.
Eu tenho recebido alguns desenhos de presente, o que me deixa muito feliz, porque ela é uma menina de muita sensibilidade para a expressão artística.
Continue assim Nat!
Parabéns!
Pró Merielle.

Joalêde disse...

Marta

Não sou poetisa, mas sou professora..Por isso imagino a emoção que sentiu ao ler a dedicatória de Natalia. Estes realmente são os frutos que colhemos quando colocamos amor em nossas ações.
Parabéns e sucesso em sua jornada!

bjs,

Joalêde

Chorik disse...

Mestre Martha, quantas Natálias não irão florir por tuas mãos! Parabéns.

Gerana Damulakis disse...

Coisa linda, Martha! Uma poeta fazendo outra poeta surgir. Parabéns para ambas.

Bípede Falante disse...

Realmente, você deve ter tido um dia muito muito solar!!

Bernardo Guimarães disse...

O DIA FICARÁ MELHOR PRA TODOS NÓS!!

MARIAESCREVINHADORA disse...

Marthinha, é gratificante receber um presente tão lindo como esse. Parabéns a Natália, ela promete.

Anônimo disse...

Parabéns, Natalia, vc prova que para ter sensibilidade não precisa idade, tamanho ou qualquer coisa além de um coração que veja e se inspire em pessoas especiais. Parabéns Martha, por ser essa pessoa especial, não só pra Natália. Beijos,

Luciana Ramos

Marília disse...

Martha.Que coisa mais linda!!!!!!!!Fiquei super emocionada e me lembrei de você pequenininha fazendo versos para mim.Beijos
mamãe

Giselly Lima disse...

"Dedicatória é quando todo o amor do mundo resolve se exibir em uma só frase" Adriana Falcão. Nesse caso acho que Natália exibiu o privilégio de ter uma professora no sentido mais profundo.
Bjs.

Sil disse...

Maria Muadiê: Pode deletar. Há um Selo para ti no meu Blog. Se desejar fica um miminho. Podes presenter mais seis.
Com amor e carinho,
Sílvia
http://silminhacolchaderetalhos.blogspot.com/

Diz disse...

Que maravilha! é comovente. Fcio feliz pelas duas. Parabéns às duas.
Bjs Laura

cirandeira disse...

Terra boa é aquela na qual plantamos e colhemos bons frutos!
Tua árvore é frondosa e acolhedora.
e os frutos são da melhor qualidade.Fiquei impressionada com
as poesias de Natália, com apenas 12 aninhos, e já se expressando com tanta sensibilidade!!
Parabéns aos três poetas.
Parabéns pelo merecimento, Martha e
obrigada por nos proporcionar esse momento de deleite...

Beijos

JORGE MIRANDA disse...

Marthinha..
Se gerou em amor, é certo que possa parir em felicidade.
Que belíssima consequência !!!
Afrobeijos meninas!!!
Paz e Bem!!!

Natália disse...

obrigada a todos pelo carinho. A luz do sol clareia a terra e dá luz a quem nela vive. Beijos Natália

Geisa disse...

Martinha,
Esse é mais um reflexo da sua luz...
Esse seu olhar ilumina e direciona mentes pensantes para o caminho do bem...
O que esperar de uma pessoa como você? Deleite-se com o reflexo de suas boas ações.
Um beijo carinhoso e cheio de saudade.
Sua amiga e colega
Geísa

Fátima Freire disse...

Martha,
Coisa mais linda, nos tornamos professoras quando tocamos o coração de nossos alunos e eles tocam o nosso.
Beijos querida e continue a ser essa professora.

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria