10 setembro, 2008


Eu não estou ok. Meus olhos estão secos.
Acordo no meio da noite e percebo que Haru está dormindo em meus pés. Meus pés estão sempre quentes e o inverno já se despediu. O sol do verão já está brincando de picula com a primavera.
Eu estou de saco cheio, mas gratíssima pelo meu trabalho. Estou sendo triturada pelos prazos. Inclusive por meu prazo de validade. Mas, eu, mesmo assim, estou pensando em fazer aquela festa pra dançar com os amigos.
Eu estou com cheiro de alfazema. Eu namoro muitas fotos.
Eu sinto saudade de você.
Recebi um email tão bonito! Com a foto de Malu, a netinha de Caubi. E livros pelo correio. Eu sinto vontade de chorar muitas vezes, então eu ligo a tevê bem baixinho. E quero dormir. Eu sinto falta de meu pai. Eu não ganhei na loteria e nem vou ganhar, nunca jogo.
Eu corrijo provas com a tevê em Márcia Goldsmith, flui que é uma beleza. Só Freud explica.
Eu boto o lixo pra fora.
Estou só.
Estoy sola. Se a chuva demora pra vir, eu sinto falta da chuva.
Eu gosto de morar rente ao chão.
Tenho segredos. E guardo de outros.
Não aguento virar a noite, não. Aceito ela do jeito que vem.
E durmo.
Um beijo,

M.

Resposta pra
Fal que me fez muitas perguntas numa noite sem dormir.

7 comentários:

Casulo Temporário disse...

Lindo, Martha. Sua escrita - sempre, mas agora especialmente - tão verdadeira, viva, visceral.
Beijo grande.

fal disse...

linda.

KimdaMagna disse...

cheiro de alfazema...hum...
em ambiente seco fica mais cheiroso.

Muadi: neste endereço( kimanjj@hotmail.com) não recebi nada.
Outro, tente. eeurocor@sapo.pt

Xaxuaxo

Mani disse...

Uma correspondencia feita de delicadezas...Renderia um lindo livro.

MARIAESCREVINHADORA disse...

Basta começar a ler para descobrir de quem é a autoria.
Você põe a alma nas palavras.
Adorei, Marthinha.
Beijos,

Conceição

Nilson disse...

Também tenho esse negócio de fluir melhor o trabalho com algo de fundo - música instrumental, no meu caso. E a ilógica expectativa de ganhar na loteria, sem ter jogado. Belo texto.

maria guimarães sampaio disse...

de vez em quando venho passear por aqui. Será que Malu, neta de Caubi, é a filhota de minha Dra.Aninha?

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria