18 agosto, 2008

Engraçado, só agora no São João desse ano, quando eu e meu pai conversamos de verdade pela última vez, ele me contou que foi vizinho de Dorival Caymmi na Rua do Bângala, onde era a casa de meus avós.
Me falou também da baiana de acarajé que trabalhava nesta rua para quem Caymmi fez aquela bela música: "Dez horas da noite / Na rua deserta / A preta mercando / Parece um lamento..."

Meu pai se foi. Caymmi se foi.

Sinto imensa falta de meu pai. Meu amor por ele tão grande, intacto dentro do meu peito. A ausência dele, um buraco sem fim. Vontade de gritar feito criança: quero meu pai! quero meu pai! Mas quem vai me ouvir?

Iemanjá, Iemanjá,
embala meu pai que gostava tanto do mar.


Sargaço Mar

Quando se for esse fim de som
Doida canção
Que não fui eu que fiz
Verde luz verde cor de arrebentação
Sargaço mar, sargaço ar
Deusa do amor, deusa do mar
Vou me atirar, beber o mar
Alucinar, desesperar
Querer morrer para viver com Iemanjá

Iemanjá, odoiá...

Caymmi

9 comentários:

Espatódea disse...

Querida Maria... entendo sua dor, Yemanjá a um mês e meio atrás levou minha maezinha, flor linda do campo... eu tenho gritado bem alto feito crianca: mae tenho medo, me protege!!!! Tomara que as duas escutem, Minha florzinha e Yemanja!
Beijos

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Paz a sua alma, e' uma grande referencia cultural para o Brasil e para o Mundo!!
Abracos

Salve Jorge disse...

Saudade
É vida que não morre
E que nos socorre
Quando o tempo nos fustiga a idade
Só nos resta
Essa vaidade
Nessa festa
Ou um porre...

aeronauta disse...

Ai como doem tais despedidas!
Lindo lindo texto.

Kátia Borges disse...

Martha, pense que estão perto agora, vizinhos de outrora, quem sabe, cantarolando. BJ

leonor disse...

Iemanjá vai embalar. Beijos, querida Martha.

maria guimarães sampaio disse...

Vim aqui agradecer o lindo poema de Adélia Prado que você ofereceu no meu bloco e me deparo com sua perda e perco as palavras. Beijo.

SANDRO ORNELLAS disse...

Um beijo e meu carinho para você, Martha.

RAINHA MAB disse...

NÃO TENHO INVEJA......

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria