23 julho, 2007

Louis Faurer

A tarde não parecia amena. Vertigem, calor, pessoas, palavras. Como se o mundo fosse acabar, ela lhe contou sua vida. Ele escutou com os olhos.
O trem é bala, mas dá tempo de reparar na paisagem. Na despedida, ela jogou um beijo e ele agarrou com as mãos. Porque o diabo atenta na ponta dos dedos, onde há mais sensibilidade.

Martha

13 comentários:

veronica Aroucha disse...

Uma mulher quando abre o coração, precisa mesmo de muita sensibilidade, do outro lado.
Abraço imenso, Martha querida.
Verônica

Campêlo disse...

Estranha essa fotografia, Martha.
Existe uma luminosidade intensa saindo por trás da cabeça do homem que lembra a asa de um anjo.
Ao mesmo tempo, ele (o homem) parece não querer escutar o que ouve.
O "anjo oculto" parece ao mesmo tempo ser uma proteção e uma ameaça.
O casal também parece não percebê-lo, como se, sintomaticamente, não se possa perceber todo o contorno de uma relação a dois.
Talvez seja aí onde o diabo atenta na ponta dos dedos.
Talvez ele seja um lobo em pele de cordeiro.
Clóvis Campêlo

Alê disse...

muito bom.
beijo

laura disse...

Poxa, que lindooooooooooooooo
adorei, vc é mto boa. Eu fiz um erótico numa sala de espera, uma hora coloco lá, é um encontro assim.
O teu é mais sensível, mais bonito. Parabéns. bj laura

Sílvia Câmara disse...

O conjunto (texto e foto)lembrou-me a 2ª guerra. Como uma memória atávica, vejo mais tristeza do que proteção ou ameaça.
Como se ele não quisesse escutar um adeus que ela, assustadamente, tem que dar.
Ademais, adoro preto e branco.
Auf wiedersehen!!!

Carol Montone disse...

Que belo Martha
porque a gente sempre se entrega ao diabo?????
beijos grandes
Carol Montone

Kátia Borges disse...

O diabo mora nos detalhes

Guto Melo disse...

o diabo é esperto, mas nem tanto.

Ramon de Alencar disse...

...
-Adorei a frase final...
!!!

E lembrou-me desta também:
´´O Diabo reside nos detalhes!´´

Moacy Cirne disse...

Se você é o que o seu perfil diz (acredito que sim!), o seu blogue tem tudo para ser inverno, verão, outuno, primavera e crepúsculo. Um beijo.

Bosco Sobreira disse...

Que beleza de síntese, Martha. Você consegue com um mínimo de palavras o que a maioria não o faz com milhares.
Faz um bem danado te ler!

elfen queen disse...

o diabo sabe das coisas...

MARIAESCREVINHADORA disse...

Lindo, Marthinha.
Encontro fortuito, lembranças eternas...
Asa de anjo vista por Clóvis, será o Cupido?
Beijo,

Conceição

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria