14 dezembro, 2006

Cláudia Degliuomini



nunca cometo o mesmo erro

duas vezes

já cometo duas três

quatro cinco seis

até esse erro aprender

que só o erro tem vez

Paulo Lemisnki

Um comentário:

Lino disse...

O Leminsky é ótimo. E só mesmo um poeta para mostrar que, errando, acabamos prevenindo o erro.

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria