23 abril, 2015


Iemanjá

Tempestade, Iyàmi,
Tempestade em meu quintal 
Sou pequena sob o manto de Lua 
Estrelas de Iemanjá
Iemojá conhece a escuridão do mar
Ninguém domina a sua fúria
Senhora de rara beleza 
A mãe dos peixes pariu o Sol 
Rainha do mar vestida com pérolas
Quero me ver 
Em seu abebé prata
Iemanjá me ampara
Iemanjá me protege
A mãe de tudo que vive
Apara a minha cabeça sobre as ondas  



Martha


foto: Haroldo

Nenhum comentário:

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria