05 maio, 2010


Recado de amor

Minha sobrinha recebeu ontem um telefonema de seu irmão de cinco anos:

- Nanai, você pode ligar para minha mãe e perguntar se ela já está chegando?

- Oh, Thai, por que você mesmo não liga?

- É que eu queria que você desse o recado, porque eu nunca mandei um recado...

(a poesia mora mesmo é na boca das crianças)

9 comentários:

Cosmunicando disse...

rsrsrs... que linda :)
doce é o frescor do inédito!
beijo

Chorik disse...

Que graça! Eu não sei mandar recado.

Bernardo Guimarães disse...

que lindo! imagino como ele se sentiu mandando o tale recado! grande thai!

aeronauta disse...

Bonito demais!

Gerana Damulakis disse...

Coisa linda. A 1ª vez, a inauguração.

Edu O. disse...

vixe, que coisa linda!!! até suspirei com a beleza desse post

cirandeira disse...

Obrigada por nos repassar esse "recado" tão lindo! Será que ele já está sabendo que seu recado
está se espalhando pelo mundo afora? Quê desejo forte, o dessa criança!, tão puro...!

Um abraço

Anônimo disse...

Ô Menina Linda! Obrigada por reproduzir essa primeira experiencia de Thales!
Vc é uma flor de laranja lima! Dessas plantadas no quintal de casa, regadas com docura e amor!
Um beijo grande!
Lenna

Bípede Falante disse...

Que coisa mais fofa e mais verdadeira!

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria