18 agosto, 2009

Cala a boca já morreu
quem manda na minha boca sou eu.


















Foto:Ed Van Der Elsken
Provérbio brasileiro.

3 comentários:

Prós: Quézia Neves e Ana Paula disse...

Lembrei de Freud... quando apresenta o Falar como a necessária doença do espírito. "Aquilo que não é de uso para ninguém certamente é dispensável e o móbil final para perturbar o Vácuo com os pedaços da minha Voz só pode ser uma qualquer versão do Orgulho e da Vaidade".
Adoro te ouvir falar!

KImdaMagna disse...

...Mutu kene dimi, kene ukwenze
Pessoa sem língua, não tem vigor..


Acredite que eu às vezes também penso que a invencão da linguagem veio só para nos confundir, fazendo nos crer que é por ali que se resolvem nossos problemas existenciais e de relacionamento social e afectivo.

a ideia da comunicação só pelo toque e olhar não é assim tão disparatada; se calahar o campo da afectividade iria fluir muito melhor.

Xaxuaxo

Marcus Gusmão disse...

Cala a boca Zebedeu
Porque na minha vida quem manda sou eu.
Sérgio Sampaio

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria