30 agosto, 2009

Avós

Minha avó das mãos trêmulas conta histórias com a voz baixinha, quase um sussurro secreto.
Minha avó das mãos finas conta histórias alto para que todos possam ouvir.
Minha avó das mãos rechonchudas conta histórias sempre exclamando "ah menina!".


Minha avó das mãos trêmulas costura almofadas.
Minha avó das mãos finas costura livros.
Minha avó das mãos rechonchudas costura botões.

Beatriz Galrão Abrantes


3 comentários:

Gerana disse...

Muito interessante.

Janaina Amado disse...

Gostei do poema, me tocou.
Marth, vamos nos conhecer pessoalmente na terça-feira, estou feliz com isso!

Chorik disse...

Ai essa peixinha escreve melhor que eu ... vixe não tem nem comparação! rs

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria