25 abril, 2009

Bienal do Livro de Salvador

Praça de Cordel e Poesia




Marcus Vinícius Rodrigues, Martha e Nívia Maria Vasconcellos

Elizeu Paranaguá

venerável público




Te amo

Eu estava lá quando ela se despiu
Despiu sua alma e surpreendeu a todos
Ninguém esperava que aquela moça tímida fosse tão profunda
Ninguém esperava que existisse abismo tão lindo
Mas a cor vibrante do vestido não enganava: era mesmo o sol em noite tão escura

Ela se despia vagarosamente
Era desconfortável e exigia coragem
De repente a chuva pareceu mais forte
O calor mais sufocante
E a ventania mais incontrolável

Era a tempestade que ela continha

Marília Brandão

8 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

Que bacana, Martha! pena eu não ter podido ir!
Beijos Maria

D. disse...

Parabéns! lindo o que a M Brandão diz, vc é uma moça mto especial mesmo.
Sorte querida. Adorei ver as fotos, um dia te abraço forte :)
Laura
e as flores valeram p vc pelo livro, viu?

Raiça Bomfim disse...

Foi mesmo um enorme prazer lhe conhecer, Martha. Tão repleta de uma nobreza que é simplicidade e elegância, de uma beleza calma e forte, vulcão silencioso.
A moça que tava a meu lado disse, "ela tem um jeito assim, não sei dizer, mas tem muito Cecília Meirelles, não tem?".

Beijo grande,

Raiça.

Casulo Temporário disse...

ela tem, sim, Raiça, esse jeito assim das grandes mulheres que escrevem - como diz o Goulart na apresentação da Pórtico 3.
Adorei ver as fotos, Martha, e você nelas, haverá muitas outras festas como esta para você!
beijos, parabéns,
Ana

Andréia M. G. disse...

Olá, Martha!

Estive na bienal prestigiando duas escritoras, Renata Belmonte e Eliana Mara Chiossi. Pena que não estava lá para prestigiá-la tb. Visitarei mais seu blog a partir de hoje.

Bjos!

Giselly Lima disse...

Martha, não fui, não deu, que pena. Mas agradeço a Marília por narrar tão lindamente e de um modo absolutamente compreensível o que a alma dela tesmunhou.
Bj.

Lidi disse...

Oi, Martha, vim visitar teu blog e acabei me descobrindo em uma foto da bienal. (rs) Assisti tua apresentação dia 19. Fui prestigiar minha amiga Nívia Maria e gostei de conhecer tua poesia. Ah, vou linkar teu blog ao meu. Um beijo!

Lidi disse...

Oi, Martha. Não sou a de blusa preta não. Estou na quarta foto, de cima pra baixo, sentada ao lado de uma garota de vestido xadrez (minha amiga e quase xará, Lisi). :)

A Chuva de Maria

A Chuva de Maria

Muadiê Maria

Muadiê Maria